sábado, 5 de março de 2011

Os carnavais da minha infância

Sábado de carnaval. Ahhhh minha infância! Eram tão bons os carnavais da minha infância.
Lembro-os com saudades.
Carnavais, que iamos a bailes infantis que começavam as quinze horas.  Hoje,  eles começam depois das das dezenove  e em algumas cidades interioranas, começam as vinte e uma, vejam se pode?!
Carnavais, que iamos assistir aos desfiles na rua Quinze de Novembro com nossos pais e sem medo de assaltos, estupros, sequestros ou qualquer outro ato insano, muito comum hoje em dia.
Levavamos nossas cadeirinhas de abrir, escolhiamos um lugar bem legal e ficavamos assistindo tranquilamente a passagem dos blocos burlescos (meus preferidos), infantis e escolas de sambas.
Iamos com nossa  mãe e levavamos as amiguinhas.
Comiamos pipoca de mel, maçã do amor e uma coca de garrafa para matar a sede. Ohhh tempo bom!
Tempo, em que iamos ao carnaval para nos divertirmos.
Usavamos fantasias bem diferentes das de hoje, vestiamo-nos de cigana, odalisca, portuguesa, pirata, palhaço, bailarina e tantas outras que nem lembro mais.
Ouviamos nas rádios, músicas de carnavais passados e gostavamos muito, era uma espécie de preparatório para depois a noite assistirmos aos desfiles ao vivo.
Isso é o que me faz gostar do carnaval do Cassino. Um carnaval família. Onde os blocos são constituidos pelas famílias e vizinhos.
Onde ainda levamos as nossas cadeirinhas para sentarmos na avenida e vermos com uma certa tranquilidade a passagem  dos blocos que são criativos e divertidos. Onde pais e filhos desfilam sem medo.
È  do mamando ao caducando!
Hoje os carnavais da minha cidade que outrora eram maravilhosos, passaram a ser confinados num local ermo e só trazem tragédas com assaltos, mortes, arrombamentos, brigas e etc. Isso que só estou sendo realista.
Infelizmente, este é perfil do carnaval em quase todo o país.
Acho que deveriam terminar com o carnaval de rua na maioria das cidades e deixar apenas os das grandes capitais. Por enquanto o carnaval de salão, ainda é o melhor para se divertir.
Enfim, fiz um retrocesso muito gostoso dos antigos carnavais aqui na minha memória, senti até o cheiro das gulouseimas que comia e ouvi as musicas que curtia.
Que bom que temos nossa memória, esta fantastica ferramenta de reviver tudo aquilo que sentimos saudades.
Bom carnaval a todos !



Um comentário:

Suzala Moura disse...

Ola Ziza, fico em casa pq não gosto de carnaval, mas como vc tenho saudades dos carnavais da minha infância, que tinha família e animação. beijos, adorei o seu blog.