terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Amigo de todas as horas

Ola a todos! andei sumida mas não de vez,fiz uma parada de final de ano e a preguiça total, juntamente com calor insuportável que tem feito aqui no "sul da américa do sul", me deixou sem inspiração. Mas tem uma hora que a gente tem que tomar as rédeas do cotidiano e voltar a ativa novamente.


Pensando em escrever um post bem legal, eu vou falar de um amigo meu inseparável, que eu prezo muito e que praticamente convivo o dia todo, tanto no inverno como no verão escaldante ou a beira do mar.

Este amigão não poderia deixar de ser o "chimarrão". Quem é gaúcho sabe a fixação do povo nesta bebida quente que tanto aproxima as pessoas nas rodinhas nas quais ele está presente.

Eu por exemplo, sou uma afixionada pela bebida, que geralmente é tomada por mais de um pessoa, mas que eu não tenho problema nenhum de tomá-lo sozinha, todos os finais das manhãs, não importando onde ou o que eu esteja fazendo, existe sempre, a pausa para o mate. A noitinha, tomo-o sempre com o marido, colocando a conversa em dia, já que não almoçamos juntos. Se chega uma visita, faz-se sempre um chimarrão para agraciá-la, desde que a pessoa goste, mas são raras as pessoas que não amam esta bebida.

Pra quem não é gaúcho ou nunca ouviu falar, vou explicar em poucas palavras em que se resume o chimarrão, (objetos dos quais ele é constituido) uma cuia, erva-mate do seu gosto, bomba e uma térmica com água quente, mas não fervente. Coloca-se a erva faz-se s separação desta (buraco com um morrinho)coloca-se ali agua morna, deixa inchar a erva, coloca a bomba e seva-se o amargo que une as pessoas, aquecendo-as bem ao fundo do coração.

E para ficar bem mais clara a explicação da importancia do chimarrão para o gaucho, aqui vão os dez mandamentos do chimarrão:

Os dez mandamentos do chimarrão



1) Não peças açúcar no mate



2) Não digas que o chimarrão é anti-higiênico



3) Não digas que o mate está quente demais



4) Não deixes um mate pela metade



5) Não te envergonhes do "ronco" no fim do mate



6) Não mexas na bomba



7) Não alteres a ordem em que o mate é servido



8) Não "durmas" com a cuia na mão



9) Não condenes o dono da casa por tomar o 1º mate




10) Não digas que chimarrão dá câncer na garganta.

2 comentários:

Eliane disse...

Oi Ziza,
apesar de filha de gaúcha não tenho esse costume, mas aprecio quem tem e acho extremamente ssaudável e relaxante olhar ou participar de uma roda de chimarão.
Bjkas, Eliane

Glenda Dimuro disse...

AInda que seja apreciado por muitos "nao gauchos", so quem e do sul sabe o que uma roda de chimarrao pode significar de verdade! :)